Relançamento do Mega Drive anunciado para 2017


Ahhhhh!!! O patrão ficou maluco! O patrão ficou louco de vez!

Não meus miguxos! Não é loucura, não é um surto esquizofrênico! O Mega Drive estará de volta às prateleiras das lojas em breve, segundo o anúncio oficial da TecToy em seu site.

A empresa de brinquedos tecnológicos (TEC + TOY, duh!) já tinha feito algumas enquetes no passado não tão remoto e demonstrava flertar com a ideia até que, finalmente, anunciou que relançará o Mega Drive no mercado brasileiro em meados do ano que vem.



"Ah, Mestre! Mas o Mega Drive parece que nunca saiu de linha, pois a Casa & Video vende até hoje!"

Sim. É verdade. A TecToy emburacou nessa onda drogada de fazer "versões" do Mega Drive e do Master System (deveria ter feito do Dreamcast também, pô!). Mas esses aparelhos (um mais hediondo que o outro) não passam de emuladores com dezenas de ROMs na memória e nada mais. Ou seja, você está pagando para levar para casa um computador underpowered que se limita a rodar um emulador e suas respectivas ROMs: nada que um celular bosta não seja capaz de fazer com eficiência.

"Então por que você está dando importância para esse lançamento, sr. Cavernoso?"

Porque esse Mega Drive será, segundo disse a TecToy, um verdadeiro relançamento. Ou seja, não se trata de mais um emulador, mas sim da máquina original com a engenharia de hardware de época, entrada para cartuchos, portas para controles (eles inclusive venderão controles sobressalentes, de três botões, como os originais) e carcaça clássica (como essa da foto acima).

A TecToy explica no F.A.Q de seu site que, por questões técnicas, o hardware não será exatamente igual, já que é inviável produzir placas e chips datados do início dos anos 90 no atual estágio de desenvolvimento tecnológico. Ao invés disso, serão produzidas placas de circuitos e chips novos que respeitarão, na medida do possível, as limitações e especificações do hardware original. Neste sentido, a TecToy não garante que o novo Mega Drive conseguirá rodar absolutamente todos os cartuchos originais e nem mesmo que o a qualidade do som será idêntica a do console original (aliás, para quem não sabe, os consoles da Sega eram famosos pela enorme qualidade de som, bem superior aos da Nintendo). Além disso, a empresa já adiantou que acessórios como o Sega CD e o Sega 32x não serão compatíveis, embora os controles originais o sejam.

O aparelho contará com saída p2 para headphones (como no original), fonte integrada bivolt, e saída RCA (aqueles três pinos, amarelo, vermelho e branco) para ligar na tv (nada de saída HDMI) e ain da contará com um slot para SDCard (não previsto no original, ora essas!!! kkkkk) no qual o proprietário poderá colocar ROMs de jogos caso opte por isso ao invés de cartuchos. A propósito, tal SDCard virá com aproximadamente 20 jogos pré-instalados. O console virá, ainda, com um controle, mas não virá com cartucho de jogo.

Pois bem. O preço... bem, o preço será de salgados 400 mangos e as encomendas já começaram no site da TecToy.

E aí, o que acharam?

Comentários

  1. Eu não tenho essa tara pelo mega drive, pois só joguei nele alugado. Lembro de quarkshot (ou algo assim), mas não sei se bancaria mais jogar esses trecos.

    ResponderExcluir
  2. Não lembro desse jogo. O preço é alto. Mas para quem gosta, vale a pena.

    ResponderExcluir

Postar um comentário