O Início de Tudo - 14º Ato

O grupo conseguiu chegar à torre de Brygitte, contratando os serviços de um pescador da vila de Lago do Diamante. O velho homem levou o grupo através do lago até a ilha onde a torre da "bruxa" se encontrava.
Quando o grupo desembarcou, logo percebeu que a torre era um pouco menos imponente do que esperavam. Na verdade, era uma estrutura precária de madeira, corroída pelo tempo. Ao se aproximarem, os personagens logo notaram também que havia algo de muito errado com aquele lugar.
A torre estava devastada, como se um tufão tivesse passado por ali e revirado tudo, quebrando portas e janelas, até mesmo solapando as estruturas dos andares superiores. Velen resolveu entrar na torre pela janela do segundo andar, usando corda e arpéu.
Enquanto isso, o Camabam e outra parte do grupo foram até a porta principal e para seu espanto viram que ela estava escancarada e um enorme portal estava irradiando sua energia mágica.
Provavelmente foi a aura desta poderosa magia que havia intrigado o gnomo Sooty assim que chegaram no local. Quando o grupo se preparava para explorar o salão, o chão do segundo andar da torre desabou, o que quase machucou Velen.
Aliás, naquele setor da construção o ladino/mago encontrou muitos itens mágicos valiosos, porém, de mais relevante, o que encontrou foi um diário onde Brygitte aparentemente escrevia sobre suas pesquisas mais recentes.
Foi com a ajuda deste diário que o grupo conseguiu desvendar o mistério por trás do portal mágico.
Ao que tudo indica, Brygitte realizou um poderoso ritual para violar as proteções mágicas da Torre de Magia de Zagyg e nela penetrar.
Zagyg foi um poderoso arquimago da cidade de Greyhawk, a qual governou por muitos anos. É sabido que este arquimago se tornou louco com o tempo e que, não faz muitos anos, despareceu da face de Oerth para se juntar aos deuses e semi-deuses nos Planos Exteriores.
Portanto, se o portal realmente estava aberto para tal torre, então aquela seria a passagem para um dos locais mais misteriosos e potencialmente perigosos de toda Flanaess.
Entrar ou não entrar? Eis o dilema que se formava a cabeça dos personagens.
Enquanto uns se debatiam sobre as propriedades mágicas do portal, outros se ocuparam de fazer a limpa na torre, em busca de novas informações reveladoras. nesta busca, encontraram um alçapão que levava a um laboratório subterrâneo. Lá acharam o improvável: um frasco com o famigerado pó de fadas!!!
Com essa descoberta, Velen encampou a idéia de retornar para o formigueiro e cumprir logo a tarefa junto à Rainha Formianm livrando o grupo da sua Tarefa. Com ele concordaram Dyuss e Kira.
Porém, Sooty estava convencido de que deveria haver mais pó com Brygitte e que ela, certamente, entrou no portal. Seguindo a opinião de Sooty, Camaban e Johan concordaram em entrar no portal com o gnomo.
Assim, o grupo se dividiu. Parte dele se voltou para o retorno ao formigueiro, enquanto outra parte resolveu entrar no portal.
Logo que Sooty, Camabam e Johan entraram, contudo, foram vítimas fáceis para um terrível...... PUDIM NEGRO!!! XD
A criatura não poderia ser subestimada, pois o que se viu era sua incrível capacidade de causar dano com tentáculos que se projetavam de seu "corpo" disforme e recoberto de uma poderosa substância ácida.
Se não fosse pela ajuda crucial dos artefatos mágicos encontrados pelo grupo, certamente todos estariam mortos agora. Não obstante os esforços do gnomo e do druida, Johan sofreu ferimentos demais e não resistiu até o final do embate, levando os dois personagens à completa consternação.
A criatura foi afinal derrotada, mas o custo se mostrou elevado demais. Agora, sendo só dois, seria impossível seguir pela masmorra que se abriu à sua frente.
Tristes e combalidos, Sooty e Camabam retornaram para a torre da Brygitte através do portal, entretanto, os demais personagens já estavam longe.
Como tudo isso terminará?