O Início de Tudo - 13º Ato

O grupo continuou seguindo na direção sul. As colinas que circundavam o vale eram bastante altas e eles levaram um bom tempo para alcançar o cume de uma delas e ter uma melhor visão da região.

Viram o grande Rio Selintan e souberam que haviam seguido para o caminho certo. Todavia, pareciam estar bem mais distantes da Gema de Flanaess do que imaginavam, pois foram incapazes de vê-la na vasta planície abaixo.

Tal circunstância trouxe um problema. Segundo Sooty, o fato de estarem se dirigindo para a direção oposta à de sua missão e "perdendo" tempo, poderia vir a trazer consequências mágicas em razão do feitiço a que haviam sido expostos. Mas Johann e os demais acreditavam que o importante era a intenção. Eles não estavam se desviando da missão, mas sim indo pegar seus cavalos para agilizar a viagem até o Lago Diamante. No fundo, era um recuo apenas aparente, que traria benefícios posteriores.

Acabaram decidindo descer pela enconsta da colina, e, após um bom tempo de viagem, chegaram à Greyhawk. Velen e Kira, únicos sem problemas com as autoridades, foram os encarregados de buscar os cavalos.

Após um dia de viagem, passaram próximos a um campo de mineração. A mata próxima estava completamente devastada, o terreno erodido e o rio imundo com a sujeira gerada pelo campo. Era um local realmente tenebroso, mesmo para aqueles não preocupados com a natureza. Camaban olhou para o local com um misto de tristeza e ódio. Aquela era mais uma mácula que tanta dor causava à Grande Mãe e era necessário fazer algo, mas aquele não parecia ser o momento correto. Ele fez uma anotação mental a fim de promover uma futura visita àquele local. Talvez, se conseguisse falar com Lacoon, seus irmãos druidas pudessem ajudá-lo...

Ao entardecer do próximo dia, chegaram a uma pequena vila cercada por paliçadas. Ela ficava às margens do Lago Diamante e parecia ser a mesma presente no mapa encontrado na casa de Brygette.

Havia dois sentinelas nos portões. Inicialmente, requisitaram uma taxa para permitir a entrada dos personagens, mas, ao ouvirem o nome de Brygette, o medo pescrutou seus olhos e logo abriram os portões.

Os personagens seguiram por estradas de terra bastante enlameadas, as quais se inclinavam na direção da lago. Pela arquitetura das casas era possível perceber que a vila deveria sofrer enchentes sazonais.

Havia uma taverna em uma pequena praça. Enquanto o grupo sentava-se em uma mesa, Sooty foi até um grupo de gnomos que estava reunido em um canto. Não foram muito simpáticos, mas revelaram a existência de um velho pescador que poderia falar-lhes a respeito de Brygette, já que ele era provavelmente a única pessoa da vila que já a havia visto pessoalmente.

No dia seguinte visitaram o pescador. Ranzinza, era muito difícil obter respostas satisfatórias do mesmo. Porém, com alguma insistência, acabaram descobrindo algumas informações interessantes: Brygette é bem mais velha do que aparenta, já sendo conhecida e temida na cidade desde quando o pescador era criança; há muitas décadas atrás ela amaldiçoou a vila quando um de seus amantes foi enforcado, não sendo vista desde então; muitas pessoas ficaram doentes e morreram em decorrência da maldição; diz a lenda que ela é uma bruxa residente no lago, que seduz pescadores e os consome...

Após uma tentativa frustrada de obter mais informações com um anão, foram até o portão falar com os guardas. Um deles foi bastante solícito e complementou as informações obtidas com o velho: o nome do amante enforcado era Managaius (?!), culpado por traição; toda morte suspeita na cidade, assim como os surtos de doenças, costumam ser imputadas à maldição da bruxa; ela reside em uma ilha localizada no meio do Lago Diamante.

Perplexos com a estranha coincidência no nome do amante da rhenee, os personagens se preocupavam com as consequências que a execução do gladiador Managaius poderia trazer a cidade de Greyhawk. Sendo uma cidade bem maior, uma nova maldição viria a matar uma quantidade enorme de pessoas.

E será que, em verdade, toda essa história repetida não era engendrada intencionalmente, sendo uma espécie de estranho e macabro ritual? E como Brygette conseguia se manter jovem mesmo após todos esses anos? Uma simples magia de transmutação ou havia algo mais?

Apenas uma visita à torre poderia trazer respostas a essas indagações e o grupo se dirigiu às docas para conseguir um barco...

Comentários

  1. eu também pensei em magia quando soube q ela era uma maga ou feiticeira, mas também não descarto a possibiliadade de ela ser clériga de Erithynul afinal de contas ele é o master of many forms. Outra coisa que pensei foi a raça, ela se parece com um humano normal mas pode ter algum tipo de longevidade ou coisa do tipo ...quase uma numenoriana por exemplo, os renees não meio misteriosos pra mim pelomenos...

    ResponderExcluir
  2. &%$( nome saiu errado não consigo editar ><....

    ResponderExcluir
  3. Uma falha desse sistema de comentários do blog é justamente não poder editar. Deveriam possibilitar a edição por alguns minutos, eis que é comum só identificarmos o erro após a postagem do comentário...

    Concordo com você, Cacá. Há uma boa chance de ela ser uma clériga de Erythnul. Mas também não descarto alguma outra possibilidade...

    ResponderExcluir
  4. eu quero jogaaaaaaar também!!!
    caracas, agora vai demorar umas 3 semanas pra ir a friburgo :(

    ResponderExcluir
  5. Tropecei nisso aqui ó:
    http://spellrpg.net/home/sistemas-cenarios/legend/?PHPSESSID=3a5e6d5b8391e7539974ab2141a26541

    Tem potencial.

    ResponderExcluir
  6. http://www.finalboss.com/fb5/ctu.asp?t=2&cid=74250

    Será?? Bem que eu gostaria se fosse verdade, mas tenho minhas dúvidas...

    ResponderExcluir
  7. Estava conversando com o Mario hoje e acho que poderíamos tentar jogar no próximo fim de semana. Eu terei concurso no domingo, mas, como não estou estudando mesmo, me disponho a jogar. Já no fim de semana do dia 24 não poderei, já que terei prova em Macaé...

    Então, caso vocês possam no próximo fim de semana, comentem aí...

    abs

    ResponderExcluir
  8. Bem, infelizmente não deu nessa semana. Para mim, só em abril agora...

    Quanto ao Baidur's, realmente vai sair uma nova versão, foi confirmado nessa semana. Na verdade, vai ser um remake dos dois primeiros, incluindo as expansões... Vamos ver se será uma boa revisão. Pelo menos vai ser uma boa desculpa para jogá-los de novo, rsrs...

    Segue o link do site oficial: http://www.baldursgate.com/

    ResponderExcluir
  9. Robson tava falando com as paredes... ahuahuahauhauau... rs... sacanagem...

    Eh, to achando que só em Abril mesmo. Se bem que o Diego disse que sobe no dia 25, mas tbm não sei se poderá jogar.

    E tbm não temos notícias do Bogolóide.

    ResponderExcluir
  10. Pois é, rsrs...

    Parece que ninguém tem costume de frequentar o blog...

    ResponderExcluir
  11. Hahahah eu frequento, pow!
    Agora só em maio pra mim, vou ficar um tempaaaaao sem subir pra friburgo.

    ResponderExcluir
  12. Enfim, rolou jogo nesse último fim de semana...

    Mas as coisas estão complicadas: grupo dividido e mais uma morte de personagem (quase de dois)...

    ResponderExcluir
  13. Será que agora vai começar a compensar ter um kinect?

    http://www.youtube.com/watch?feature=player_embedded&v=EsBUOFLWg8U

    Acho que ainda não, mas pelo menos já tem funcionalidades pra jogos melhores. Parece que vai rolar alguma coisa na versão do Witcher 2 também...

    ResponderExcluir

Postar um comentário