McCampanha Feliz

Olá queridos colegas!!!

O blog anda meio parado né? Deve ser porque fizemos essa pausa estratégica no último final de semana... Bem, já sabemos que há boas possibilidades de que no próximo sábado tenhamos jogo, embora com a notícia de que o Bogus não vai subir essa possibilidade se torne um pouco mais remota - isto porque TALVEZ eu tenha compromisso inadiável no sábado (com a vida do Bogus meu esforço para TER sessão, em respeito ao nobre amigo, seria MUITO maior). Diga-se, aliás, que no final de semana seguinte será o Robinho quem estará "enrolado".

Então, talvez, eu disse, TALVEZ, tenhamos quer marcar jogos no domingo pra tentar evitar que fiquemos parados por quase 01 mês. MAS, se não der, paciência...

É bom dizer também que vejo a aventura se desenrolando para seu climax, de modo que espero que a próxima sessão termine por revelar quais deverão ser os próximos passos do grupo em relação aos ovos e etc.

Basicamente é isso. Até mais!

Comentários

  1. Vixi... meu Deus... faltou dizer uma coisa: BOOOOOGUS, qdo vc vai fazer comprinhas no Amazon de novo? To querendo um "material" RPGístico aí... me avise!

    ResponderExcluir
  2. Considerando que a próxima sessão deva ser crucial para a sequência da campanha, eis que cada personagem vai ter que se posicionar a respeito do Marius e do desenrolar da questão dos ovos (certamente nem todos a encaram como o Arthurius e o Camaban), talvez não seja má idéia esperar por uma sessão mais cheia realmente, embora isso possa vir a adiar bastante o prosseguimento da campanha...

    No dia 29 eu realmente não terei como participar e no dia 30 vai depender muito do meu grau etílico, hehehe...

    ResponderExcluir
  3. Eh, qto a isso eu não sei. O problema de esperar demais é justamente que o tempo vai passando e a campanha vai ficando esquecida na cabeça... rsrsrsrs... mas essa é uma situação circunstancial, também. Neste sábado, ainda que eu tenha o tal compromisso, podemos jogar, só que teremos que começar mais cedo pra terminar mais cedo tb (por volta de umas 19:30 ou 20:00). É menos tempo de jogo mas é melhor do que nada tb.

    Sobre o "Marius", realmente essa será uma situação difícil, bastante complicada e será interessante ver como tudo se desenrola, mas isso dependerá muito de vocês (jogadores). Eu não sou o tipo de mestre que fica "criando" situação para melhorar aquilo que, essencialmente, não depende de mim. Quero dizer, o sucesso do grupo depende de vocês e não de mim. Eu monto a história e vcs interagem com ela - simples assim.

    Aliás, o próprio desenrolar da história depende de vocês, porque para que eu "pense" num plot, eu tenho que levar em consideração como são os seus personagens tb (não é à toa que o grupo está numa quest natureba ... ehehehehe). É mais ou menos assim que funciona, ou acho.

    Anyway, vamos ver o desenrolar desta história primeiro. Acho que esse fds rola de jogar sim, mesmo que sem o Bogus (basta ver se o Bruno e principalmente o Leo poderão estar presentes).

    Qto ao futuro do grupo e da própria campanha, isso só o tempo nos dirá. A durabilidade da campanha (compreendida como o arco de aventuras interligadas de um mesmo grupo) depende muito da coesão entre os personagens e entre estes e a história tb.

    Por "n" razões, este aspecto não é o nosso ponto forte dessa vez (algo que não ocorreu em campanhas passadas), já que tivemos um entra e sai frenético de personagens - Beatrice, Miro, Trevorian e Derfel - e jogadores - já que o Leo entrou agora, o Vinícius não vingou e o Kaká caiu fora mesmo...

    Eu, particularmente, gosto muito dos personagens individualmente falando. Mas a coesão do "grupo" tá deixando a desejar. Aqui eu faço tb meu "mea culpa", já que a morte do Miro e da Beatrice, bem como os plots escolhidos não foram as melhores "coisas" para unir essa galara. E, vejam só, estamos indo pro 4º nível sem ter toda essa coesão (tirando o Arthurius e o Camabam, que têm ideais em comum).

    Às vezes me pergunto se eu deveria mesmo ter como "paradigma" a tão falada campanha de Greyhawk dos tempos imemoriais. Afinal, aqueles eram outros tempos mesmo. É tão difícil conseguir essa coesão...

    ... anyway, tava só divagando mesmo.

    Abrá!

    ResponderExcluir
  4. É verdade, esse grupo ainda não tem um objetivo comum, coisa que foi facilmente obtida na campanha anterior (todo mundo se envolveu na questão do bebê muito rapidamente, foi fácil, hehe)... A maioria está indo junto ao Camaban e ao Arthurius por gratidão, por acreditarem que deviam suas vidas a eles e tal, mas não tem nenhum outro interesse na missão que não seja pagar esse débito (ao menos que eu saiba... o Dyuss possui o seu interesse de vingança e tal, mas acredito que isso deva ficar pra bem depois, enquanto o Ryei é meio uma incógnita, mas, pela conversa que ele teve com meu personagem, parece que ele deseja investigar o que, além do roubo dos ovos, perturbava a paz do mosteiro)...

    E essa coesão, como você bem colocou, vem dos personagens. O próprio Camaban é um personagem meio complicado, razão pela qual, no início, fiquei em dúvida se iria ou não fazer um druida (um personagem que considero difícil de integrar com os demais, em especial quando a campanha parte para as cidades, pois é muito difícil achar algo que o faria sair do seu "mundinho"). Porém, ser devoto da Velha Fé melhora um pouco, já que são druidas que tentam se preocupar mais com o todo e não com uma região em específico, o que já ajuda...

    De toda forma, embora o grupo não esteja tão coeso, acho que isso pode se acertar com o tempo... Minha única dúvida é o Derfel... O meu personagem em si não tem problemas com o que ele fez, mas isso não é verdade em relação aos demais, em especial o Gerdrant (e se for necessário fazer uma escolha, optaria pelo palada sem dúvida, o Camaban o considera um amigo, independentemente de suas diferenças de moralidade e crenças). E justamente por isso é que uma sessão com mais pessoas seria importante, já que eu não represento a bússola moral do grupo e isso acabaria tendo que sobrar pra você (se o Bruno estiver na sessão já facilita)...

    Todavia, ainda não sabemos o que o Leo vai inventar, de repente ele inventa uma lorota boa e a coisa nem vai ficar tão complicada quanto está parecendo, hehe...

    ResponderExcluir

Postar um comentário