12° Ato - O Legado de Sangue

*** Versão SUPER RESUMIDA para evitar a fadiga ***


No dia seguinte a tudo aquilo, muito cansados pela noite mal dormida, os personagens decidiram, inicialmente, visitar os Conventos da Grande Árvore, a fim de descobrir mais sobre a mandrágora.

O local que procuravam era um verdadeiro casarão, o qual, apesar do estado geral de destruição e abandono da cidade, se encontrava em perfeito estado de conservação.

Os personagens foram recebidos por um homem bem velho, que se identificou como Adato. Ele ratificou a história contada por Zaralda, e contou ao grupo que conhece Apalgas, pois ele é um guardião de um dos "bosques sagrados" da região.

Segundo Adato, há apenas uma pessoa nas imediações que poderia ajudar os personagens. Trata-se de Ossarulussurinusal, guardião de um dos tais "bosques sagrados" a que se refirira anteriormente. Segundo Adato, Ossarulussurinusal não gosta de receber estranhos em seus domínios e costuma reagir com agressividade face os "intrusos". Provavelmente ele possui pelo menos um exemplar de mandrágora consigo, devido às propriedades místicas da planta!

Os personagens, diante destas informações, se encheram de esperança. Harric perguntou a Adato se ele também era um dos guardiões, mas este respondeu com certa hesitação que não, embora fosse responsável por aquela morada da Grande Árvore (aliás, há uma bela árvore nos jardins internos do casarão). Inclusive, Adato revelou que seu nome, bem como o de Apalgas, não são verdadeiros, mas simplesmente apelidos usados na linguagem brandobiana. Adato, por exemplo, chama-se Arrochaselparinukahn. Esta informação foi dada aos personagens porque, de acorco com Adato, seria imprescindível apresentar-se a Ossarulussurinusal como conhecidos de Arrochaselparinukahn, visto que talvez assim o guardião permitisse a presença do grupo nas matas.

Finda a importante conversa, o grupo decidiu retornar para os bosques de Lendel à procura de Apalgas. Isto tudo para sanar uma única dúvida: Será que outra mandrágora, que não a originalmente roubada, satisfaria Apalgas?

Comentários