Cavernas Perdidas de Tsojcanth

Solfiere estava extremamente ferido. Logan, Ben e Maihenen mortos. A demanda, no entanto, continuou. De Povos Altos pra Schwartzenbriun e de lá para Exag, nos Outeiros do Alvorecer. A empreitada nas cavernas de Tsojcanth foi perigosa e vitimou Mordred, um aventureiro que se juntou ao grupo após o combate com o Dragão Vermelho. Muitos foram os perigos enfrentados, mas por fim Tenser foi localizado e resgatado.

Após o retorno à Greyhawk e o merecido descanso, Tenser o grupo se reuniram e muitas coisas foram conversadas. Um breve resumo segue:

Antes de tudo, Tenser não pretende retornar ao Círculo dos Oito. Para ele a visão do equilíbrio de Mordenkainen tornou-se egoísta se egocêntrica demais e agora beira à loucura. No entanto, isso não significa que as relações estão cortadas, mas apenas que Tenser agora irá seguir seus próprios ideais e não os de outra pessoa.

Neste sentido, a conversa se desenrolou no que concerne a profecia e tudo que a tem envolvido nos últimos anos. Para Tenser, a profecia marca o retorno de Tharizdun, mas não da forma imaginada. Explica-se. Milênios atrás, quando os deuses se uniram para aprisiona-lo, o Senhor da Escuridão decidiu, como último ato, extrair de si parte de seu poder e entregá-lo ao seu mais poderoso seguidor, Vecna. O arquilich, então, armazenou todo aquele poder em diversos artefatos e delegou a guarda deles aos seus diversos generais (a maioria lichs, ou undeads, como ele). Contudo, o império de Vecna desmoronou com o seu desaparecimento após os confrontos com seu general Kas e com ele o segredo os artefatos.

Somente séculos mais tarde um grupo de fanáticos seguidores de Tharizdun reencontrou os itens e desvendaram seu segredo. A energia divina armazenada nos artefatos é grande o suficiente para ser capaz de materializar um Avatar de Tharizdun! E foi assim que começou a segunda era de escuridão em Flanaess. Não foram poucos os indivíduos que lutaram para expurgar de Oerth tamanha ameaça, mas somente o mago Tsojcanth conseguiu enfrentar o avatar do Senhor do Escuro. Naquela esplendorosa batalha o avatar não foi destruído, mas sim aprisionado por Tsojcanth e é o avatar que deve retornar à Oerth, não a essência da divindade. Este retorno marcará a terceira era de escuridão em Oerth e talvez até sua destruição.

Para Tenser, enquanto que a Cidade dos Deuses, na Terra do Gelo Negro, pode guardar a prisão da essência divina, o Doomgrinder pode ser a prisão do próprio avatar. Nada disso se pode afirmar, contudo.

Ainda, quanto a Iggwilv, ela e Iuz certamente conhecem algo à respeito disto tudo. Talvez por essa razão o perverso tenha enviado os “Dedos” para recuperar os artefatos perdidos e talvez também por isso mesmo Iggwilv tenha buscado seqüestrar o clone do Tenser. Certamente ela desejava chantagear o Círculo dos Oito e com isso obter alguma vantagem para seus planos nefastos – que são um completo mistério até agora.

Nada disso importa tanto no momento quanto saber exatamente o que a profecia diz e quais outros mistérios ela esconde. Para saber isso, vai ser necessário vasculhar cada canto escuro de cada biblioteca de Flanaess. E nesse trabalho os personagens irão ajudar...

Postagens mais visitadas